ComportamentoParceiros

FOTOS DOCUMENTAIS – saindo daquele ensaio clichê!

Quando a Carla me chamou para contar sobre seu trabalho, fiquei curiosa! (Clique aqui pra conhecer o site dela!)

Imaginava aquelas fotos de documentários, meio sem graça, talvez! Porém, quando comecei a ouvir tudo o que um ensaio como esse remete, me surpreendi.

Ao longo da nossa conversa, me emocionei diversas vezes, pois cada história que ela ia comentando me trazia uma memória. Sempre gostamos de fotos, minha mãe tem infinitos álbuns, eu já contei sobre isso aqui, mas eu gostaria de ter tido fotos como as que a Carla descreveu, como por exemplo da minha vó fazendo pão caseiro e nós todos em volta com nossas massinhas – quase pretas de tão sujas – imitando e aprendendo a sovar, ou então meu avô cortando grama enquanto meus pais e tios gritavam pra gente sair de perto que era perigoso, ou ainda um registro do meu avô professor, lendo e “traduzindo” Machado de Assis pra mim…

Enfim, tantas memórias que eu guardo com um carinho gigantesco, mas não posso pegar nas mãos como uma foto qualquer!

Então eu entendi o propósito de tudo que um ensaio desses tem!

Ele deixa viva as ações de amor e carinho do dia a dia que, nem sempre, conseguimos registrar. É uma mistura de emoções e realidade, carinhos e afazeres, cuidado e correria!

Quando marcamos eu ainda estava insegura e achei que poderia ficar invasivo, nunca havia feito fotos daquele estilo, e ela passaria a manhã toda lá “no nosso pé!” haha! Aliás, mal tinha mudado de profissional, quem dirá de estilo. Mas a Carla conduz tudo de uma forma muito leve e tranquila que nem parecia que ela estava em casa!

Ela registrou a nossa manhã como ela realmente é, cheia de amor e contratempos.

O resultado ficou incrível, eu fiquei super apaixonada e vocês podem conferir em algumas fotos aqui.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentários

Deixe uma resposta