ComportamentoEducaçãoParceiros

Tarefas domésticas remuneradas? Pense melhor!

Por Carol Stange (site)

“Carol, acho que estou no caminho certo: dou R$5,00 cada vez que meu filho arruma a cama”.

Bom, não. Não está.

Antes de me aprofundar na reposta, deixo a pergunta: qual é o objetivo desses R$5,00? É servir de mesada, incentivar o bom comportamento, pagamento por tarefas-extras?

Antes de bonificar monetariamente seu filho, você precisa saber o que quer com isso. Se é um pagamento disfarçado de mesada, preciso te explicar que mesada não é pagamento de nada. Mesada é uma doação de um valor pré-determinado para que a criança seja apresentada ao mundo financeiro.

Se esse pagamento tem como objetivo bonificar o bom comportamento, também que digo que não é o melhor caminho, afinal, arrumar a cama faz parte da rotina de qualquer casa, e isso não merece bonificação. Vou explicar melhor: se você premia seu filho pelo desempenho de tarefas básicas, muito em breve ele vai (esperto que é), ao você solicitar algo como: “coloque a mesa para o jantar, por favor”, de imediato perguntar: “Quanto eu ganho para isso?”. E esse comportamento está longe de ser o que uma família precisa para o bom andamento de uma vida em conjunto. Todos têm a obrigação de deixar o ambiente limpo, organizado, funcionando. Esse comportamento merece ser reconhecido, mas não bonificado.

E o pagamento por tarefas-extras? Bom, seguindo a linha de pensamento: será que arrumar a cama é tarefa extra? Não seria melhor (dependendo da idade da criança), incentivá-la a regar as plantas do vizinho que vai viajar, passear com o cachorro do apartamento ao lado que fica sozinho durante o dia, dar aulas de reforço escolar para um colega? Isso sim podemos considerar tarefas extras.

Em resumo: tarefas domésticas e bons comportamentos não devem ser remunerados – são obrigação. E a mesada? Mesada é uma doação para que seu filho dê o primeiro passo no mundo do dinheiro.

Seu filho entende regras claras e as aprecia, acredite. Conte comigo para ajudar seu filho a ser um adulto independente e inteligente financeiramente!

Comentários

Deixe uma resposta